Baixar Musicas - Musicas para Baixar - Baixar musicas Gratis - musicas para baixar

BAIXAR MUSICAS - As melhores Musicas Para baixar com otima qualidade, Musicas Gratis mp3 baixar, a melhor coleção Para você Baixar musicas gratis.

Lana Del Rey Ultraviolence (Deluxe) Baixar Album Download MP3 Gratis

Lana Del Rey Ultraviolence (Deluxe)

Download cd completo da cantora indie pop internacional Lana Del Rey Ultraviolence (deluxe) mp3 album, free itunes plus, song, gratis, rar, zip, 4shared, baixe todas as musicas e singles da antora pop Lana Del Rey Ultraviolence, download com songs e qualidade itunes Lana Del Rey Ultraviolence, album da lana del rey mp3. Baixar musicas gratis online e disografia da cantora Lana Del Rey.

Lana Del Rey Ultraviolence

01 Cruel World
02 Ultraviolence
03 Shades Of Cool
04 Brooklyn Baby
05 West Coast
06 Sad Girl
07 Pretty When You Cry
08 Money Power Glory
09 Fucked My Way Up To The Top
10 Old Money
11 The Other Woman
12 West Coast (Radio Mix)
13 Black Beauty
14 Guns and Roses
15 Florida Kilos
16 Is This Happiness
17 Flipside

BAIXAR – DOWNLOAD

 

Sobre o album

Lana Del Rey Ultraviolence

Ultraviolence é o terceiro álbum de estúdio da artista musical norte-americana Lana Del Rey.

Lana Del Rey Ultraviolence

O seu lançamento ocorreu em 13 de junho de 2014, através das gravadoras Interscope e Polydor Records.

Lana Del Rey Ultraviolence

Apesar de ter cogitado a possibilidade de não gravar um novo CD pouco após o lançamento de seu segundo disco de originais, Born to Die, em 2012, Del Rey começou a escrever músicas para Ultraviolence no ano de 2013, ao lado de seu ex-namorado Barrie O’Neill.

Lana Del Rey Ultraviolence

A cantora prosseguiu com a produção do disco em inícios de 2014, ano em que conheceu Dan Auerbach, vocalista do The Black Keys, com o qual iniciou uma relação de trabalho que resultou na renovação do material que a cantora julgava ter concluído.

Lana Del Rey Ultraviolence

 

Embora tenha contado com o auxílio de Greg Kurstin, Rick Nowels, entre outros, Auerbach foi responsável pela maior parte da produção musical de suas canções, que derivam em sua maior parte de estilos desert rockrock psicodélico e soft rock, mas também apresentam influências do rock independente, presente em Born to Die, e de jazz fusion, e possuem o trabalho de instrumentos musicais variados, como guitarra elétrica, violão de doze cordas, bateria e mellotron.

Album

Lana Del Rey Ultraviolence

 

 

Não sendo muito diferente de seu antecessor em termos líricos — abordando temas

como o amor, o sexo, o dinheiro e a fama —, Ultraviolence recebeu análises geralmente positivas da mídia especializada, a qual prezou os vocais da artista e os coros presentes nas melodias.

Lana Del Rey Ultraviolence

Notado por se tratar de um álbum conceitual, também recebeu elogios por sua produção e por seu estilo guiado pelo rock do final do anos 1950 e 1960, bem como pela sua melancolia e capacidade de fundir romances fatais a temas sexuais.

Lana Del Rey Ultraviolence

Muitos analistas ainda ressaltaram a evolução musical apresentada por Del Rey em relação a Born to Die, o qual foi alcunhado de inautêntico em várias resenhas, o que não foi observado em Ultraviolence.

Lana Del Rey Ultraviolence

No entanto, alguns ainda criticaram o trabalho pelos temas recorrentes das canções,

além de similares aos apresentados em seu lançamento anterior.

Lana Del Rey Ultraviolence

Comercialmente, o material também obteve um desempenho positivo.

Lana Del Rey Ultraviolence

Estreou no primeiro lugar das tabelas musicais de quinze países, como na Austrália, no Canadá e no Reino Unido, e atingiu a marca de um milhão de cópias vendidas mundialmente poucas semanas após o seu lançamento.

Ultraviolence

Lana Del Rey Ultraviolence

Nos Estados Unidos, tornou-se o primeiro da artista a culminar a Billboard 200 e, adicionalmente, converteu-a na cantora com a quarta melhor semana de vendas na liderança da tabela em 2014 — atrás apenas de Beyoncé, Taylor Swift e Barbra Streisand —, e registrou a terceira maior estreia no topo do periódico por uma mulher, graças às vendas de 182 mil exemplares em seus primeiros sete dias nas lojas, perdendo somente para as duas últimas.

Lana Del Rey Ultraviolence

Para a divulgação da obra, quatro singles oficiais foram lançados: “West Coast”, o primeiro deles, recebeu aclamação dos críticos musicais e, em termos comerciais, conseguiu desempenhar-se entre as vinte melhores colocações em tabelas da Escócia, Espanha e Itália, entre outras nações europeias, assim como na estadunidense Billboard Hot 100.

Lana Del Rey Ultraviolence

“Shades of Cool”, segunda música de trabalho, também foi louvada pelos críticos,

embora comercialmente tenha falhado em conquistar o mesmo destaque.

Lana Del Rey Ultraviolence

Seguiram-se, então, a faixa-título, “Ultraviolence“, e “Brooklyn Baby”, ambas recebidas

com revisões em geral positivas pelos analistas, embora a primeira tenha sido criticada

por tratar-se de assuntos como a violência doméstica de modo não muito claro se

estava a fazer uma crítica a esta ou a romantizar a mesma.

Lana Del Rey Ultraviolence

Já no campo comercial, ambos obtiveram um desempenho moderado, sobretudo no Norte da América e na Europa Ocidental.

Updated: 17 de maio de 2018 — 03:07

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar Musicas - Musicas para Baixar - Baixar musicas Gratis - musicas para baixar © 2017 Frontier Theme